Pedido

BOAS LEITURAS!!!

segunda-feira, 1 de julho de 2013

“Emoções Proibidas” de Jess Michaels

Nº de páginas: 256 
Preço (Bertrand): 15,50€ 
Editora: Quinta Essência 
Ano de lançamento: 2013 

“Durante vários verões Miranda Albright viu – horrorizada, mas vergonhosamente excitada – o seu perverso vizinho Ethan Hamon, o notório conde de Rothschild, «entreter» uma sucessão de amantes nos terrenos da sua propriedade. Agora que o pai dela morreu, deixando para trás uma montanha de dívidas, Miranda deve fazer o impensável. Ethan prometeu apoiar as suas irmãs mais novas, financeira e socialmente, por um preço escandalosamente caro: Miranda deve oferecer-se completamente ao conde durante três meses, sem remorsos e sem restrições. 
Noventa dias e noites de sensualidade desenfreada esperam-na nos braços de um galã que vê a sua submissão como nada mais do que um grande jogo erótico. Porém, nem Miranda nem Ethan percebem que fogo arde por detrás de um rubor inocente. E assim que a paixão dela é desencadeada pelos lábios e pelo toque de Ethan, é a aluna que vai ensinar ao professor os caminhos do prazer proibido… e do amor” 

O meu comentário: 

A Jess Michaels que conheci está de volta…! 
Depois de ter lido “Força do Desejo” e de ter ficado um pouco desiludida com o que encontrei, posso dizer que esta obra me despertou novamente um grande leque de sentimentos. 
Miranda é uma protagonista muito melhor que a sua irmã e a sua relação com Ethan é de carácter diferente – algo que logo de início se percebe ser muito mais do que um envolvimento puramente físico. 
A indiferença do conde e o sofrimento e tristeza constante da primogénita dos Albright também apimentam mais as coisas deixando o leitor completamente curioso com o desenrolar da história. 
Outra coisa que achei imensamente engraçada é a ideia totalmente diferente que temos das irmãs neste livro, não sendo Beatrice abandonada pela família como leva a crer e Miranda não é a menina certinha que toda a gente adorava, tratando-se sim daquela que coloca todos contra ela devido aos seus ideais de salvar a família da terrível situação em que se encontram, chegando a tomar medidas desesperadas. 
Quanto a Penelope podemos aperceber-mo-nos da grande relação que esta possui com a irmã mais velha, ficando totalmente devastada quando descobre a verdadeira natureza do acordo, acabando por tentar ser o mártir da história, tentando pôr a família a cima de tudo não se preocupando com o casamento de conveniência em que se está a colocar. 
Um livro que gostei imenso e que me deixou cheia de vontade de ler mais sobre esta família, tendo agora de esperar, muito, pelo lançamento da obra que nos traz Penelope, ficando totalmente curiosa com a forma como ultrapassará o noivado e o casamento com Morgan, esperando que encontre o verdadeiro amor nos braços de outro homem com quem sabemos que irá ficar e de quem terá filhos. 
Boas leituras! 

“Noventa dias e noites de sensualidade”

NOTA: Informo todos os leitores que esta obra pode conter conteúdo sexual que pode ferir a sensibilidade de algumas pessoas. Se se acha preparado para desfrutar das suas páginas a responsabilidade é sua (dirigido aos mais jovens)

Sem comentários:

Publicar um comentário