Pedido

BOAS LEITURAS!!!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

“Porque És Minha” de Beth Kery

Nº de páginas: 320 
Preço (Bertrand): 16,96€ 
Editora: Saída de Emergência 
Ano de lançamento: 2013 

“A autora bestseller do New York Times, Beth Kery, agarra-nos com um romance inebriante como nenhum outro – onde as regras do desejo são quebradas, noite após noite… 

No instante em que Francesca e Ian se conhecem, a atração é mútua; uma carga requintadamente física incendeia ambos. Para Ian, ela é o tipo de mulher a que ele não resiste: inocente e pura. Para Francesca, ele é o tipo de homem que ela mais teme e deseja; sombrio, extremo, autoritário, e interdito. O que se passa entre eles não pode ser ignorado – apenas acatado, evoluindo para um inevitável vínculo. 
De um jato particular para um interlúdio em Paris, de um ousado encontro num museu público para a intimidade de um hotel de luxo, Francesca e Ian estão um com o outro sempre que o desejo se torna premente. Mas à medida que a relação deles fica mais intensa, Francesca descobre algo a respeito de Ian – e dela própria – que altera para sempre o jogo dos jogadores. É algo com que eles nunca contaram, algo que lhes faz girar as vidas, delirantemente fora de controlo…” 

O meu comentário: 

Uma obra que não me conquistou assemelhando-se muito ao trabalho EL James que anda agora nas bocas do mundo. 
Um enredo cheio de “dejá vus”, sendo protagonizado por uma jovem inocente e tímida e um importante dono de uma empresa que tudo controla e que nada em dinheiro. 
Depois de se conhecerem, Ian fica interessado na artista, convidando-a para lhe pintar um quadro. Contudo as coisas não ficam por aí porque outro pedido, totalmente diferente do primeiro vem a caminho – se esta aceita ser a sua submissa, obedecendo a todos os seus pedidos sexuais. 
Isto lembra-vos alguma coisa? É totalmente a coleção «As Cinquenta Sombras de Grey». Digamos que são a Anastasia e o Christian noutra vida e noutras circunstâncias. Até o facto da mãe do protagonista ser inconstante é comum, tendo uma vida atribulada. 
Logo, o que me resta dizer é que não fiquei muito satisfeita, aconselhando unicamente este livro a quem adorou o seu “homónimo”, visto que segue o mesmo caminho. 
Boas leituras!!! O tempo dá mesmo vontade para isso… 

“Perder o controlo é apenas o começo” 

NOTA: Informo todos os leitores que esta obra pode conter conteúdo sexual que pode ferir a sensibilidade de algumas pessoas. Se se acha preparado para desfrutar das suas páginas a responsabilidade é sua (dirigido aos mais jovens) 

Aqui poderá aceder a um excerto da obra

Sem comentários:

Publicar um comentário