Pedido

BOAS LEITURAS!!!

domingo, 11 de novembro de 2012

“Fifty Shades Of Grey” de E.L. James

Nº de páginas: 528 
Preço (Fnac): 11,75€ 
Ano de lançamento: 2012 

“When literature student Anastasia Steele interviews successful entrepreneur Christian Grey, she finds him very attractive and deeply intimidating. Convinced that their meeting went badly, she tries to put him out of her mind – until he turns up at the store where she works part-time, and invites her out. 
Unwordly and innocent, Ana is shocked to find she wants this man. And, when he warms her to keep her distance, it only makes her want him more. 
But Grey is tormented by inner demons, and consumed by the need to control. As they embark on a passionate love affair, Ana discovers more about her own desires, as well as the dark secrets Grey keeps hidden away from public view…” 

O meu comentário: 

Uma pessoa ao acompanhar uma certa colecção de que gosta fica, de certa forma, se gostar de escrever, tentada a pegar nas personagens e no enredo alterando-os consoante algumas ideias que lhe surgem no pensamento. É assim que acabam por aparecer as mais variadas fanfictions… 
Foi assim que E.L. James acabou por redigir a sua famosa trilogia que anda a conquistar as mulheres pelo mundo fora. 
Baseando-se no famoso casal de «Crepúsculo» e na relação existente em seu redor, ela traz-nos Anastasia e Christian, duas personagens que pertencem a mundos completamente diferentes, mas que acabam por se conhecer e enveredar por uma estrada comum. 
Anastasia é uma jovem mulher inocente que nunca encontrou o seu verdadeiro amor e que nunca se entregou verdadeiramente a um homem. Christian é, de certa forma, um pessoa que gosta de ter relações sexuais fora do comum, fazendo da sua parceira a sua submissa, tendo de obedecer a “todas” as suas ordens. 
Assim, ao se conhecerem, o famoso empresário faz-lhe uma proposta que irá alterar as suas vidas para sempre, modificando-os e abrindo portas que antes se encontravam totalmente fechadas a sete chaves. 
Uma obra em que, de certo modo, os pontos comuns com a saga de Stephenie Meyer são evidentes, sendo o leitor transportado para um mundo onde o sexo deixa de ser um tabu e é um bem adquirido, não havendo igualdade sexual entre os dois parceiros, se é podemos chamar-lhes tal coisa… 
Um enredo que, na minha opinião, não é nada de maravilhoso como andam a divulgar pela comunicação social. Simplesmente nos apresenta um lado totalmente diferente do sexo, estando este presente, da primeira à última página (exagerando). 
O que faz este livro e os posteriores ganhar tal fama é o facto de ser diferente do habitual, despertando grande parte de uma geração para a existência da categoria romance sensual, uma categoria que contém grandes nomes muito melhores como Jess Michaels, Kate Pearce e Lisa Kleypas. 
James só teve foi a sorte que muita gente não tem ao conseguir publicar as histórias que colocava na internet… 

NOTA: Informo todos os leitores que esta obra pode conter conteúdo sexual que pode ferir a sensibilidade de algumas pessoas. Se se acha preparado para a desfrutar das suas páginas a responsabilidade é sua (dirigido aos mais jovens)

Sem comentários:

Publicar um comentário