Pedido

BOAS LEITURAS!!!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

"Lua de Sangue" de Nora Roberts

Nº de páginas: 450
Preço (WOOK): 17,71€
Editora: Ulisseia
Ano de lançamento: 2006

“Tory Bodeen viveu a sua infância na Carolina do Sul, numa pequena casa degradada, onde o pai imperava com um punho de ferro e um cinto de cabedal – e onde os sonhos que acalentava e os seus talentos nunca encontraram forma de se afirmar. Em compensação, porém, havia a pequena Hope, que vivia ali perto, e cuja amizade tornava possível que Tory fosse aquilo que lhe não permitiam ser em sua casa: uma criança.
Depois do brutal assassínio de Hope, que a polícia jamais esclareceu, a vida de Tory começou aos poucos a desfazer-se. Mas agora prepara-se para regressar à sua terra natal, e planeia aí instalar-se e abrir uma loja de decoração, ela sente-se determinada a obter um pouco de paz e a libertar-se das visões do passado que continuaram a persegui-la ao longo do tempo.
À medida que forja novos laços de afecto com Cade Lavelle – o irmão mais velho de Hope, herdeiro da fortuna da família – não consegue no entanto ter a certeza de que a tragédia que ambos experimentaram contribua de facto para os aproximar. Mas está disponível para ajudar a que isso aconteça, e sente vontade de abrir, pelo menos um pouco, o seu coração.
Contudo, viver assim tão colada à memória de uma infelicidade que tanto a marcou virá a revelar-se mais difícil e mais assustador do que Tory alguma vez imaginara. Até porque o assassino de Hope anda também por perto…”

O meu comentário:

Mais um romance de umas das melhores escritoras românticas de sempre chegou às minhas mãos e eu não descansei enquanto não o terminei.
Desta vez, Roberts apresenta-nos temas um pouco diferentes, nomeadamente a pressão e a descrença sentida por alguém que têm visões do passado e consegue “ler” os pensamentos das pessoas…
Certa noite, Hope, a melhor amiga de infância da nossa protagonista, Tory, é violada e brutalmente assassinada, enquanto esta era espancada pelo pai e não pode encontrar-se com a jovem Lavelle no pântano que limitava a propriedade.
Passados uns anos, Tory é perseguida pela imagem da amiga perdida e acaba por regressar à terra onde tudo aconteceu reencontrando velhos amigos e revendo os familiares da jovem assassinada, que, de certa forma, a culpam pelo sucedido.
Todavia, com o desenvolver da história, esta acaba por se aproximar cada vez mais de Cade e Faith, os outros Lavelle, sendo, nomeadamente a jovem mulher a irmã gémea de Hope. Quanto a Cade, este acaba por se aproximar cada vez mais da vidente acreditando verdadeiramente naquilo que ela lhe diz sobre a fatídica noite de Agosto e apoia-a na tentativa de encontrar o culpada pela morte da irmã. Todavia, o mais importante é que este acaba por se apaixonar perdidamente por esta, sendo estes sentimentos puros correspondidos.
Porém, o perigo espreita e a jovem sente a presença do terrível mal culpado pela perda da jovem mais bela e inocente que alguma vez conheceu, e com a morte de uma jovem solteira esta sente-se mais ameaça e certa de que o criminoso virá à sua procura… Uma coisa é certa: este é alguém próximo dela e de Hope. Por isso, todo o cuidado é pouco.
Uma livro muito interessante, que me deixou chocada com a perversidade do criminoso (descubram vocês de quem se trata) e dos problemas que algo que nos parece um dom pode trazer à vida de uma pessoa. Contudo, não há nada como o verdadeiro amor que nos leva a ultrapassar todos os problemas dando-nos forças para continuar.

“Uma atmosfera tão perturbadora quanto a de uma história de Tennesse Williams”
Publishers Weekly

NOTA: Informo os leitores do blog que este livro tem partes impróprias não aconselhando o desfrutar das suas páginas a leitores mais frágeis a estes assuntos, principalmente a menores de treze anos que não estão na altura crítica da adolescência e das hormonas




O filme baseado neste livro está presente o vídeo nomeando-se de Carolina Moon

Sem comentários:

Publicar um comentário