Pedido

BOAS LEITURAS!!!

sábado, 24 de setembro de 2011

“Paranormalidade” de Kiersten White

Nº de páginas: 293
Preço (Bertrand): 17,76€
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2011

“Por mais estranho que seja trabalhar para a Agência Internacional de Contenção Paranormal, Evie sempre pensou ser uma rapariga normal. Sim, a sua melhor amiga é uma sereia, o seu ex-namorado é um homem-fada, está a apaixonar-se por um rapaz que muda de forma e é a única pessoa que consegue ver através dos disfarces dos paranormais, mas ainda assim… Normal.
Só que agora os paranormais andam a morrer e os sonhos de Evie estão repletos de vozes inquietantes e profecias misteriosas. Depressa se apercebe que poderá existir uma ligação entre as suas capacidades e a súbita vaga de mortes. E não apenas isso, pois poderá muito bem encontrar-se também no centro de uma profecia sinistra das fadas, que promete destruição para todas as criaturas paranormais. Lá se vai a normalidade…”

O meu comentário:

Em pleno século XIX, a categoria literária que se encontra mais em voga, no momento, é a fantasia, sendo colocados nas estantes, em todo o mundo, milhares de livros recheados de criaturas que nunca pensámos contactar tão facilmente – vampiros, lobisomens, fadas, bruxas, feiticeiros…
Porém, a partir do momento em que muitas obras chegam ao mercado, a competição é imensa e a escolha de uma boa história torna-se cada vez mais difícil, visto que, muitos livros possuem certas passagens que são clichés, trazendo-nos à memória outros enredos que já desfolhámos.
Todavia, esta primeira obra de Kiersten White a ser publicada em Portugal é, na minha mais sincera opinião, diferente de todos os livros paranormais que li até agora…
A protagonista é uma rapariga que não possui família, tendo sido incumbida de perseguir os paranormais que não respeitam as regras da AICP, a grande agência sobrenatural, já que consegue, só de olhar para uma pessoa, saber se esta se trata de um humano ou, na verdade, se encontra sob um disfarce escondendo a sua natureza paranormal.
Todavia, o que Evie mais deseja é ser uma rapariga normal, que faz coisas normais – ter um namorado, ir para o secundário, ter um baile de finalistas, ir a grandes festas, ter uma cacifo… Todas essas coisas saídas de uma série de telivisão como «Easton Heights» (série existente no livro), «Gossip Girl» e «90210».
Até que, a certa altura, o aparecimento de Empresta, um jovem que muda de forma, poderá fazer com que esteja perto de contactar com essa vida perfeita, já que este sempre teve uma vida dita humana, e de se apaixonar (MESMO) a sério pela primeira vez.
Contudo, parece que esta não tem direito a ter um momento de descanso…
Um ser que se encontra em chamas, anda a roubar as almas de todos os paranormais existentes e parece que o que mais deseja é apanhar a jovem, que, agora também se encontra em risco, visto que se apercebeu, pela primeira vez, que não se trata de uma humana, mas sim de uma espécie de ser sobrenatural ainda não descoberto.
Conseguirá Evie escapar, mas, ao mesmo tempo, proteger todos aqueles que mais ama? Só lendo é que podes descobri-lo…
Uma obra que eu acho que vale mesmo a pena, não sendo uma completa perda de tempo e um gasto de dinheiro supérfluo, por isso, pensem seriamente no assunto…
Boas leituras!

“VAMPIROS
vejo coisas que não conseguem ver.
LOBISOMENS
encontro coisas que vos perseguem.
FADAS
sou a vossa protectora.
TIPOS QUE MUDAM DE FORMA
mas agora já não posso proteger-vos”

Sem comentários:

Publicar um comentário