Pedido

BOAS LEITURAS!!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Caçadores de Sombras - “A Cidade dos Ossos” de Cassandra Clare

Nº de páginas: 415
Preço (Bertrand): 20,09€
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2009

"No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens.
Desde essa noite, o seu destino une-se ao dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo mas com tendência a agir como um idiota..."

O meu comentário:

Há dois anos atrás, quando a «Saga Luz e Escuridão» estava no seu auge, muitas editoras resolveram apostar em livros sobrenaturais, que tivessem presentes vampiros e lobisomens, podendo fazerem frente aos aclamados livros de Stephenie Meyer.
Porém, na minha opinião, nenhuma colecção pode estar da par dos «Caçadores de Sombras». Nesta saga, que irá ter, supostamente, seis volumes, Cassandra Clare dá-nos a conhecer um mundo que nos fascina totalmente e uma história totalmente marcante que não está recheada dos clichés românticos e sobrenaturais a que estamos habituados...
Clarissa Fray, por muitos conhecida como Clary, vive com a sua mãe em Brooklyn, desconhecendo totalmente os segredos de um mundo a que pertence.
Contudo, ao conhecer Jace, um belo e arrogante jovem que se trata de um caçador de sombras, a jovem apercebe-se que existe um universo para além daquele com que lida todos os dias, sendo este recheado por todas as criaturas existentes nos livros – demónios, vampiros, lobisomens, fadas...
Ao início esta não se apercebe da razão porque pode ver todas essas criaturas maravilhosas, já que se trata de um mundi, devendo estar sobre a mesma cegueira que afecta a visão dos outros humanos, mas, depois de Jocelyn Fray ser raptada, esta apercebe-se que toda a sua vida foi uma espécie de fachada – a sua querida mãe escondeu-lhe a sua verdadeira identidade, não tendo a jovem a mínima ideia da sua herança sanguínea...
A SUA MÃE ERA UMA CAÇADORA DE SOMBRAS E NÃO LHE DISSE NADA?!
Pois é, Clary descende de uma linha de humanos com sangue do anjo Raziel, tendo a missão de exterminar os maléficos demónios que põem em risco a vida de todos os outros seres existentes na Terra. Ainda por cima, para além deste segredo, a sua mãe escondeu-lhe informações muito importantes referentemente à sua paternidade e ao seu passado familiar, fazendo com que a jovem rapariga veja a progenitora como uma verdadeira desconhecida.
Todavia, esta começa a aceitar essa facto, passando a viver no Instituto, uma espécie de abrigo para os caçadores de demónios, com Jace e os Lightwood, jovens da sua idade que foram treinados para seguirem o seu papel e para o aceitarem, coisa que ela também devia ter sido.
A pouco e pouco, contra a sua vontade, esta e Jace vão colocar-se numa situação muito perigosa – estes irão começar a apaixonar-se um pelo outro.
Perguntam-se vocês como é que o amor pode ser algo assim tão mau… É que Clary e Jace não sabem de algo que poderá mudar as suas vidas para sempre.
Um romance paranormal juvenil que vai contra todos os outros, sendo colocado num pedestal, já que se trata de um trabalho genial que nos prende da primeira à última página.
Informo é os possíveis compradores que não tentem procurar a primeira edição, se forem daquelas pessoas que não apreciam obras com alguns erros ortográficos, visto que os presentes nessa mesma, sendo a que eu possuo, estes estão presentes algumas vezes, estando relacionados com as trocas de género tornando às vezes os diálogos confusos, tendo o leitor de voltar a trás para tentar perceber quem faz o quê, havendo às vezes letras desaparecidas nalgumas palavras…
A mim não me fez tanta impressão, mas vocês é que sabem… Eu não acho que seja razão de deixar de desfrutar desta saga, mas até compreendo visto que este livro não é propriamente muito barato nos tempos que correm.

"Queridos Edward e Jacob: adoro-vos.
Mas vou passar o fim-de-semana com o Jace"
Stephenie Meyer

Sem comentários:

Publicar um comentário