Pedido

BOAS LEITURAS!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

Caçadores de Sombras - "A Cidade de Vidro" de Cassandra Clare

Nº de páginas: 406
Preço (Bertrand): 19,95€
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2010

"Para salvar a mãe, Clary tem de penetrar na Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras – não a perturba que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando a situação, vem a saber que Jace já não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras, que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se?"

O meu comentário:

Clary, Jace, Simon, Isabelle, Alec… todos estão de volta neste terceiro volume de uma das melhores colecções sobrenaturais juvenis de sempre, trazendo-nos uma desfecho há muito esperado por todos os fãs e dando-nos muitas explicações referentemente ao passado.
Depois d’ «A Cidade das Cinzas» ter acabado com um momento de esperança – o aparecimento de Madeleine, uma amiga da mãe de Clary, afirmando que sabe como despertá-la do seu sonho mágico – a jovem prepara-se para viajar para a terra da sua espécie, local que já visitou em sonhos, e que sabe apresentar uma verdadeira beleza. Porém, as coisas não correm como ela esperava, visto que todos partiram sem a informar, acabando a jovem por desejar um portal e partir ilegalmente rumo a Alicante, também conhecida como a Cidade de Vidro.
Aí esta depara-se com coisas devastadoras: Jace com a sua nova "namorada" num momento muito privado, acabando por tratá-la como uma espécie de peste, culpando-a por todo o mal que os tem afectado durante estes dias; o assassinato do único bruxo que tinham conhecimento da única forma de despertar a sua querida mãe (contudo esta conseguirá arranjar outra maneira); o facto de se deparar com Sebastian, um jovem que nunca viu, mas que tem a sensação de lhe ser familiar, tentando este começar uma relação com esta acabando por beijá-la, esfregando esse facto na cara do seu amado…
Ainda por cima, os seus problemas não são nada comparados com aquilo que está para vir, afinal Sebastian trata-se de um impostor, conseguindo destruir as torres de vidro que protegiam a cidade dos demónios, acabando por causar uma guerra que acabará com a vida de alguém próximo de Jace.
Quem também não pára de criar problemas é Valentine, que ameaça destruir a sua própria raça se esta não se ajoelhar a seus pés…
Agora a única esperança da Clave, de todos os outros Caçadores de Sombras e dos habitantes do Mundo-à-Parte é que unem esforços tentando vencer um inimigo comum, tendo também oportunidade de erradicar os odiosos demónios.
Na minha opinião, o melhor livro até agora, estando cheio de amor, emoções e as maiores descobertas de sempre, levando a um final há muito esperado, deixando-nos a autora totalmente desesperados à espera de «A Cidade dos Anjos Caídos», onde, infelizmente Jace e Clary já não possuem os papéis principais, sendo estes entregues a Simon, Izzy e Maia.

"O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine neste volume da trilogia 'Os Instrumentos Mortais' – obra que figura no top de vendas do New York Times"

Sem comentários:

Publicar um comentário