Pedido

BOAS LEITURAS!!!

domingo, 9 de outubro de 2011

“Shiver – Um Amor Impossível” de Maggie Stiefvater

Nº de páginas: 436
Preço (Bertrand): 17,90€
Editora: Presença
Ano de lançamento: 2011

“Sam e Grace são dois adolescentes que vivem um amor sublime e aparentemente impossível. Todos os anos, quando chega a Primavera, Sam abandona a sua vida de lobisomem e recupera a forma humana, aproximando-se de Grace, mas sempre que regressa o Inverno, vê-se obrigado a voltar à floresta e a viver com a sua alcateia. Quando olha pela janela de sua casa, na orla da floresta, Grace repara sempre num lobo que a fita com os seus misteriosos olhos amarelos e sabe que é ele, Sam, o seu salvador. E Sam observa a sua amada de longe, ansiando pelo retorno da Primavera. Conseguirá o seu amor, cada vez mais intenso, vencer os muitos obstáculos que ameaçam separá-los para sempre? Uma história de amor cheia de aventuras e descobertas, mágica, original e extremamente bem escrita, que desafia a mente e enternece o coração”

O meu comentário:

Nesta primeira obra de Maggie Stiefvater publicada no nosso país, o leitor é transportado para um mundo onde os lobisomens são uma realidade…
A história começa-nos em Mercy Falls, quando a pequena Grace se depara pela primeira vez com a alcateia de lobos da terra, acabando por misteriosamente escapar com vida ao ataque.
Uns anos mais tarde, já com a jovem mais crescida e no secundário, nós assistimos à sua “obsessão” com os lobos do seu passado, especialmente o inesquecível lobo de olhos amarelos, que está sempre na orla clareira junto à sua casa a espreitá-la.
Na verdade, o inesquecível animal, trata-se de Sam, um jovem que foi mordido quando tinha sete anos, acabando por entrar na alcateia de Paul e ser criado por Bren.
Até ao fatídico dia que juntou os seus destinos, este nem fazia ideia da existência da bela jovem de cabelos loiros, mas, a partir do momento em que a olhou directamente nos olhos, nunca mais a conseguiu tirar da cabeça, tendo-se criado um laço muito forte entre ambos.
O grande problema é que Sam, na maior parte das vezes, se encontra na sua natureza lupina, não se podendo dar a conhecer à rapariga que lhe tira o sono e que deseja conhecer acima de tudo.
Porém, a sorte deve estar do lado deles, quando, graças a um infortúnio criado por uma caçada aos lobos, este acaba por se revelar à rapariga, passando esta a ter a certeza de que os temíveis animais selvagens que sempre se lembra de ter visto na floresta já foram, e são algumas vezes por ano, seres humanos como ela própria.
Assim, grandes laços amorosos começam a estreitar-se entre ambos, laços esse que, de certa forma, já existiam desde o primeiro momento que tinham cruzado os olhares…
Todavia, pertencendo a mundos tão diferentes, parece que a natureza não está do lado deles, acabando por ser colocados, diversas vezes, em situações que podem separá-los para sempre.
Um livro totalmente original e muito fácil de ler, que nos prende da primeira à última página, ficando o leitor totalmente fascinado pelas personagens, sentindo as suas mágoas e felicidade nos momentos mais marcantes.
É pena é que não tenha sido uma obra muito publicitada, acabando por passar um pouco despercebida no nosso país…
Agora é só esperar que a Editorial Presença publique, o mais rápido possível, a tradução de «Linger», podendo o leitor descobrir se a experiência do final da obra teve sucesso…
Uma coisa temos a certeza, não nos podemos preparar para um mar de rosas. Se estes assuntos já ficaram resolvidos, mais problemas estarão para se vir colocar no caminho destas duas almas gémeas.

“Uma escrita sublime, por vezes poética, e um entretenimento perfeito para leitores de todas as idades”
BookPage

Sem comentários:

Publicar um comentário