Pedido

BOAS LEITURAS!!!

sábado, 23 de março de 2013

“Viagem a Capri” de Elizabeth Adler

Nº de páginas: 338 
Preço (Bertrand): 15,90€ 
Editora: Quinta Essência 
Ano de lançamento: 2011 

Daisy Keane embarca no Blue Boat… 

Quando o magnata inglês Sir Robert Waldo Hardwick morre de forma misteriosa num acidente de viação, deixa uma carta a nomear seis pessoas que suspeita lhe tenham desejado a morte. Daisy Keane e o investigador Harry Montana juntam-se para levar os suspeitos (e outros convidados como manobra de diversão) num fabuloso cruzeiro pelo Mediterrâneo, com todas as despesas pagas pelo falecido Sir Robert. 
O mistério aumenta à medida que vão aportando em Monte Carlo, Saint-Tropez e Sorrento. E as reviravoltas inesperadas são apenas o princípio. 

… e inesperadamente encontra o homem da sua vida. 

Por fim, chegam à bela Villa Belkiss em Capri, onde será lido o testamento de Sir Robert… e o assassino desmascarado. 
Com a beleza da paisagem do Yorkshire, as estâncias do Mediterrâneo e o magnífico iate de cruzeiro, mais a atracção intensa entre o solitário Harry Montana e a desconfiada Daisy, as paixões inflamam-se e o encanto da Villa Belkiss deslumbra. 
Ninguém escreve viagens maravilhosas ou suspense como Elizabeth Adler” 

O meu comentário: 

Já tendo desfrutado de 6 dos 9 livros publicados no nosso país, lá desfrutei de mais um, encontrando-me cada vez mais perto do meu objectivo – a leitura de todas as obras disponíveis desta autora. 
Tendo ficado totalmente maravilhada com «Encontro na Provença», e tendo desfrutado de outras obras também muito românticas e passadas em locais maravilhosos da Europa, acho que alguns dos livros que me vêm parar às mãos já não se centram tanto na parte do romance, dando a autora uma maior importância à parte policial. 
Dessa forma, fico um pouco desgostosa de já não encontrar uma paixão avassaladora que tenha uma duração normal – como já não é muito central, a autora traz-nos, às vezes, algum cheirinho de tal, mas este decorre muito rapidamente, ou então, como não pode aprofundar muito o cavalheirismo e a sedução, as coisas acabam por acontecer muito depressa. 
Infelizmente, estas queixas estão presentes neste livro, o que fez com que não gostasse tanto deste como deveria, visto que tem um enredo muito interessante e viciante, deixando-nos com curiosidade de saber quem é o culpado pelo assassinato de Robert, assim como para quem irão os bens do testamento. Já para não falar das fantásticas paisagens francesas e italianas, deixando-me com uma enorme vontade de passear por esses lugares. O problema é que se já é complicado arranjar financiamento para a compra de um livro, quanto mais para ir visitar outro país… 
Todavia, apesar de não ter ficado totalmente satisfeita, valeu a pena. Agora só me falta ler «Romance na Toscana» – do qual já ouvi muito boas opiniões – e «Férias em Saint-Tropez» – que tem como protagonistas um casal já nosso conhecido. 
Vai é demorar algum tempo para que tal aconteça, visto que as minhas poupanças vão para «O Êxtase de Gabriel» que sai dia 5 de Abril :D 

“Todos estão convidados para bordo deste cruzeiro decadente pelo Mediterrâneo… onde nada é o que parece, ninguém diz a verdade e o homicídio paira nas mentes dos passageiros”

Sem comentários:

Publicar um comentário