Pedido

BOAS LEITURAS!!!

sexta-feira, 30 de março de 2012

O Mundo da Noite - “O Vampiro Secreto” de L.J. Smith

Nº de páginas: 256
Preço (Bertrand): 14,53€
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2010

“Poppy, uma rapariga corajosa e insolente, sempre se sentiu em forma. Até um dia em que descobre que sofre de uma doença rara e lhe dizem que tem apenas algumas semanas de vida. James, o seu melhor amigo e o rapaz mais cobiçado do liceu, depara-se com um dilema aflitivo. Pode transformar Poppy num vampiro, como ele, ou deixá-la morrer. Mas, revelar a Poppy a existência do Mundo da Noite é quase tão perigoso como abandoná-la a uma doença humana, porque James acabará por transgredir as duas regras do Mundo da Noite: para além de revelar-lhe a sua existência, apaixonou-se por ela”

O meu comentário:

Depois de ter acompanhado a série «Crónicas Vampíricas» e tendo assistido a uma reviravolta que me deixou totalmente dececionada, estava totalmente receosa de ler outra obra de Smith. Porém, a partir do primeiro parágrafo, revivi as razões por ter começado a ler esta autora: uma escrita muito clara, muito corrida e como muito ritmo, tornando as obras muito fáceis de ler; um enredo e um grupo de personagens bem interessante que nos transporta imediatamente para outro mundo…
Assim, num abrir e fechar de olhos, atingi o “FIM” sem grande esforço e obrigação, tendo gostado do romance entre um vampiro do Mundo da Noite e uma humana que descobre que mais cedo ou mais tarde irá morrer, visto que se encontra numa fase terminal de um dos tipos de cancro mais mortífero.
Muito estranhamente, não fiquei irritada nem desiludida pelos momentos carnais entre os protagonistas serem, praticamente, inexistentes, não sendo necessário um verdadeiro envolvimento físico para o entendimento da poderosa e verdadeira relação entre essas duas almas – afinal, James e Poppy são almas gémeas.
No final, também somos presenteados com uma bem pensada descoberta que, de certo modo, irá resolver todos os problemas em que os dois, ou melhor, três “adolescentes” se colocaram.
Tenho pena é que esta coleção seja composta por livro de certa forma individuais, encerrando-se aqui a história destas personagens. Agora é só esperar pela oportunidade de ler «As Filhas das Trevas».
Boas leituras!

“O amor nunca foi tão perigoso”

Sem comentários:

Publicar um comentário