sábado, 28 de Janeiro de 2012

Saga da Irmandade da Adaga Negra - “Na Sombra do Amor” de J.R. Ward

Nº de páginas: 680
Preço (Bertrand): 17,50€
Editora: Casa das Letras
Ano de lançamento: 2012

“Em Caldwell, Nova Iorque, a guerra entre vampiros e os seus assassinos torna-se mais sangrenta e perigosa. A única esperança é um grupo secreto de irmãos – vampiros guerreiros, acérrimos defensores da sua raça. E Phury é o mais fiel à Irmandade da Adaga Negra.
Casto e leal, Phury sacrifica-se pela raça, assumindo a responsabilidade de dar origem a toda uma nova geração de vampiros guerreiros que continuará a proteger a raça e a manter vivos os costumes. No entanto, Phury terá de enfrentar a voz interior que o atormenta e combater o vício que o afasta da batalha cada vez mais sangrenta entre vampiros e os seus inimigos. Mas a sua única salvação é um amor proibido que pode condenar toda a raça.
O desejo que Cormia sente por Phury vai muito além da obrigação e do futuro da raça. Dividida entre as responsabilidades e o amor pelo macho que tem de partilhar com as fêmeas escolhidas, Cormia esforça-se por se conhecer a si própria e salvar o seu amado”

O meu comentário:

JR Ward e a sua fabulosa colecção de vampiros, equiparada a autoras como Sherrilyn Kenyon e Lara Adrian, está de volta.
Depois de conhecermos a fundo cinco irmãos da irmandade – Wrath, Rhage, Zsadist, Butch e Vishous – e as suas respectivas shellans – Beth, Mary, Bella, Marissa e Jane – é a vez de Phury, o conhecido altruísta, ter a oportunidade de se apresentar aos diversos fãs desta saga.
Sendo o irmão gémeo de Zsadist, uma personagem que teve um passado muito complicado, este também foi afectado acabando por ver-se como um ser amaldiçoado tendo sofrido com a perda dos pais, o desaparecimento do irmão…
Entretanto, mais uma vez, este ao tentar ajudar o seu “irmão” Vishious colocou-se numa situação delicada – este aceita ser o Primado, o responsável por dar origem a uma nova geração da espécie, ajudando a sua raça e a irmandade a ultrapassar as grandes perdas na guerra contra os lessers.
O problema é que para o fazer este terá de ter relações sexuais com 40 escolhidas, sendo a primeira Cormia, uma mulher que muito admira e por quem começa a ter sentimentos muito fortes temendo pela sua tristeza e desejando ser diferente, alguém de quem ela se possa orgulhar.
A Escolhida em questão, encontrando-se num mundo muito diferente, facilmente ultrapassa esse facto e encontra, na realidade colorida, um conjunto de amigos para a vida e acaba por se apaixonar, apesar de saber que se encontra destinada a sofrer pois ou nunca terá o seu amado ou terá que compartilhá-lo com as suas irmãs…
Uma obra que gostei bastante ajudando a abstrair-me e a aproveitar devidamente algum tempo deste meu fim-de-semana.
Para além do romance problemático, o leitor também é presenteado com episódios com o protagonismo doutras personagens preparando-nos para próximos volumes que, certamente, não nos irão desiludir continuando a colocar Ward num pedestal, sendo uma das melhores autoras desta categoria literária.
Não percas!!!

“Seis guerreiros vampiros. Amantes perigosos e irmãos de sangue vêm até si nesta colecção verdadeiramente poderosa. Neste livro é a vez de Phury.”

NOTA: Informo todos os leitores que esta obra pode conter conteúdo sexual que pode ferir a sensibilidade de algumas pessoas. Se se acha preparado para desfrutar das suas páginas a responsabilidade é sua (dirigido aos mais jovens)

Sem comentários:

Enviar um comentário